7 tendências de viagens para 2017 que impulsionarão a indústria global de turismo

7 tendências de viagem para 2017 que irão conduzir a indústria global de turismo

Published by Maria Eduarda Possamai on fev 22, 2017

Este artigo é a tradução do texto original de Sara Napier Burkhard.

 

Operadores turísticos são usados para detectar tendências. É uma parte natural do comércio em uma indústria que muda globalmente. O que foi bem sucedido um ano pode não funcionar tão bem no próximo.

Nosso Relatório de Tendências 2016 foi um grande sucesso, ajudando muitos especialistas a manterem-se atualizados com suas empresas de viagens. E é por isso que elaboramos um relatório relevante e prático sobre todas as tendências importantes para a indústria global de turismo em 2017.

Este ano, Lucy, Nicole e Sara trabalharam juntas para criar o relatório mais informativo já feito pela TrekkSoft, mas gostaríamos de compartilhar alguns insights diretamente no blog. Aqui estão as sete tendências para ficar de olho durante este ano. 

 

Para mais insights, baixe nosso

 

1. Millennials

Os Millennials são oficialmente a maior geração da história, ganhando dos Baby Boomers. Como a geração mais jovem com renda disponível, eles conseguiram seu status como líderes em viagens e turismo.

Eles também lideram na tomada de decisões. Eles estão ajudando a decidir quais serão as grandes tendências e gostos do novo ano e não são tímidos em ter exatamente o que eles querem, como eles querem. Ao planear uma viagem, os Millennials são acostumados a terem suas opções convenientemente disponíveis a eles. Eles querem ser capazes de pesquisar e reservar suas viagens e passeios online. 

Viagens Millennials

Como a maior geração até hoje, esta é uma parte vital da sua base de clientela. Eles também serão o maior mercado de viagens nos próximos anos.

 

2. Viagens ativas e de aventura

De acordo com Virtuoso, a tendência número #2 para 2017 é vigens ativas e de aventura. Estas experiências incluem atividades como "um safari africano, natação com tubarões-baleia no México ou na Austrália, ou caminhadas nos Alpes suíços".

Empresas de mergulho
 

Os dados demográficos de clientes de viagens de aventura inclina-se na direção de mulheres (53% a 47%), especialmente na África (57%). América do Norte e do Sul são os principais destinos de aventura para os clientes. Há um crescente interesse entre os clientes por uma experiência mais personalizada e uma perca de interesse por aventuras difíceis.

Para 2017, atividades de aventura como safaris, caminhadas e ciclismo são esperados como principais escolhas.

 

3. Viagem Feminina Solo

Hoje, 80% das decisões de viagem são tomadas por mulheres. Sejam casadas, solteiras ou divorciadas, as mulheres estão liderando o caminho e a indústria de viagens está tomando conhecimento. Hoje as mulheres viajantes são ousadas, independentes e procuram explorar experiências novas. Elas tomam suas próprias decisões de onde tirar umas férias, como chegar lá e muitas estão escolhendo ir sozinhas. 

Mulheres viajando sozinhas

Em 2014, 72% das mulheres americanas tiveram uma aventura solo. Esse número só está previsto para aumentar nos próximos anos, como mais e mais mulheres fazendo viagens projetadas para suas necessidades. E isso pode ser diferente do que você esperaria. As mulheres não estão procurando os estereótipos de gênero que muitas vezes são comercializados para eles. Esqueça o hotel de 5 estrelas e dias de spa, eles querem aventura real.

Empresas de turismo simplesmente não podem ignorar este mercado, que constitui uma porção maciça de clientela potencial, especialmente quando se trata de Millennials e Baby Boomers. Os provedores de excursões e atividades irão se beneficiar da segurança das mulheres que viajam sozinhas, mas existem algumas dicas mais importantes que nossa própria Nicole Kow escreveu no nosso Relatório de Tendências 2017.

 

4. Turismo gastronômico

Quando se trata de viagens, sempre chegaremos a comida em algum momento, não é? Turismo gastronômico tornou-se uma tendência emergente entre os viajantes em todos os lugares e os especialistas em turismo já perceberam.

De acordo com a apresentação de Patrick Whyte do Skift UK no TouRRoir 2016, as experiências de comida não se limitam a simplesmente jantar fora. Elas incluem cursos de culinária, passeios agrícolas e os mercados de alimentos clássicos, que compõem cerca de 95% dessas experiências.

Passeio gastronômico

Essas experiências estão intimamente ligadas à cultura do local. Muitos viajantes consideram que é uma das melhores maneiras de conhecer a história do lugar para onde eles estão viajando e funciona como um recurso valioso para as empresas de turismo.

Operadores que estão fornecendo uma experiência culinária podem se beneficiar garantindo que haja conexão entre os produtos, as pessoas e as tradições de um destino. Com isso em mente, cada etapa da jornada do cliente pode ser ativamente reforçada.

 

5. Turismo Responsável

Mudanças globais afetam a todos nós. Mais viajantes estão conscientes do impacto que suas experiências têm sobre o planeta e, como resultado,  mais estão optando por medidas sustentáveis em suas viagens.

"2017 foi nomeado o Ano Internacional do Turismo Sustentável pela ONU como uma oportunidade única de avançar a contribuição do setor do turismo para os três pilares da sustentabilidade - econômica, social e ambiental, ao mesmo tempo que aumenta a consciência das verdadeiras dimensões de um setor que muitas vezes é subestimado"
- Secretário-geral da OMT, Taleb Rifai

Campanhas globais foram estabelecidas para promover formas mais sustentáveis de viagens, e os profissionais da indústria devem esperar uma mudança na mentalidade dos viajantes em todos os lugares. Eles estarão mais interessados no impacto ambiental, econômico e social que estão causando no destino que visitam e provavelmente apoiarão empresas que incorporam esses valores.

Turismo sustentável

Provavelmente terão muitas mudanças conscientes chegando para o viajante moderno, como ficar mais perto de casa para reduzir o uso de carbono. As empresas de turismo com uma forte consciência do impacto que estão fazendo irão se beneficiar muito das suas práticas já estabelecidas de ecoturismo. No entanto, isso não quer dizer que as empresas que estão apenas começando a seguir essa tendência estarão muito atrás! As empresas terão de desenvolver um forte foco social.

 

6. Fotografia Móvel

Não deve ser surpreendente que os turistas em 2017 estão procurando maneiras de documentar suas viagens. Dado a popularidade das modernas câmeras dos celulares, é natural que mais e mais viajantes estejam usando seus dispositivos para capturar esses momentos notáveis.

Os operadores turísticos e os provedores de atividades podem beneficiar-se com esta tendência, uma vez que contribuirá para os seus esforços de marketing. É a ferramenta de marketing de mídia social perfeita, pois ajuda a criar conteúdo gerado por usuários.

Em uma recente viagem a Antelope Canyon no Arizona, Sara participou de uma visita guiada que sabia o valor esta tendência poderia trazer para seus clientes. Enquanto passavam através do canyon icônico, com luz fluindo em várias porções, o guia de turismo ofereceu várias oportunidades para parar e tirar fotografias.

Todos partiram para tirar fotos, a maioria deles em celulares. O guia mesmo ofecereu ajuda para aqueles que não têm muita experiência fotográfica. Quando perguntado, ele explicou que tinha feito um curso de fotografia da natureza, assim poderia ajudar a conduzir uma melhor excursão do canyon.

Passeio fotográfico

Este ponto é até mesmo destacado no site da empresa e ajuda a atrair turistas que não se sentiriam confiante o suficiente para tirar essas fotos. Isto constrói uma camada adicional para uma turnê de natureza já impressionante.

Olhe para as áreas dentro de sua turnê que faria memórias semelhantes para seus clientes. Mas lembre-se, muitos dos viajantes querem ver tanto fotos icônicas, quanto únicas. Procure oportunidades para capturar ambos.

 

7. Viagem de negócios e lazer

Viagens de negócios e lazer ou, como é carinhosamente conhecido, "bleisure" (business + leisure) é um tema favorito entre os especialistas em turismo este ano. É previsto que esta seja uma tendência muito lucrativa para provedores de turismo e atividades em 2017 e prevê-se que vai crescer em popularidade.

No entanto, não estamos tão convencidos.

Viagem de passeio e negócios - Bleisure

Bleisure tem sido apresentado como uma tendência em ascenção há vários anos, mas há mais dados sugerindo a sua estática nos últimos cinco anos do que o seu crescimento. Isto sugere que este não é tanto uma tendência, mas uma observação das necessidades mais recentes do viajante. Por gerações, as pessoas têm estendido suas viagens de negócios em viagens de lazer, por isso não podemos dizer exatamente que esta é uma tendência emergente.

 

Tendências que impulsionaram o mercado em 2016

Naturalmente, esta lista não estaria completa sem uma pequena revisão de algumas das tendências de viagens emergentes de 2016. Como um profissional do turismo, você pode ter notado como essas tendências têm afetado a indústria. Embora algumas das previsões tenham tido mais prevalência do que outras, estas quatro têm sido essenciais no sucesso de muitas empresas este ano:

Moinho de vento na Grécia 

 

1. Viagem de aventura

Em 2016, viagens de aventura autênticas vieram com tudo! Elas continuam a emergir como um propósito popular para viajar. Especialmente com os Millennials se tornando o palco principal na indústria.
 
Millennials vêm firmemente ascendendo o seu lugar como líderes no turismo por alguns anos. Ainda em 2016, previmos que até 2020 este mercado terá 47% mais viagens internacionais do que em 2013. 
 
Staycations foi uma tendência poderosa em 2016. Muitos viajantes têm seguido a tendência de aproveitar localmente para desfrutar melhor o seu tempo de férias. Isso tem sido uma ótima notícia para os prestadores de turismo local e suas comunidades, já que mais pessoas estão buscando impulsionar suas economias locais com viagens perto de casa.
 
Por último, mas não menos importante, a força do mercado chinês foi uma tendência comprovada em 2016. Um fato que continua até no novo ano (e destaque no relatório de tendência de 2017), uma vez que o mercado asiático de turismo está mais forte do que nunca.
 

Quer saber quais as tendências que vale a pena focar neste ano? Leia o nosso mais recente Relatório de Tendências de Viagem 2017 (em inglês). Atualizado, adaptado à indústria e absolutamente gratuito! 

New Call-to-action
 
Maria Eduarda Possamai

Published by Maria Eduarda Possamai

Brazilian social media analyst and content writer who likes traveling, camping and listening to some good music. You may call her Duda.

Topics: Tourism trends

The ultimate solution for you

If you're a tour or activity company or a tourism board, we have the perfect plan for your business.

Get a Demo